Terça, 13 de Abril de 2021 14:27
(62) 9 84257527
Aparecida de Goiânia Covid-19

Prefeitura de Aparecida de Goiânia abre mais 30 leitos de enfermaria e 10 de UTI

Leitos exclusivos para pacientes com Covid-19

02/03/2021 07h30 Atualizada há 1 mês
153
Por: Fonte: Prefeitura Aparecida de Goiânia
Foto: Wigor Vieira
Foto: Wigor Vieira

 

 Secretaria de Saúde de Aparecida de Goiânia estruturou neste fim de semana, em regime de urgência, 30 leitos de enfermaria exclusivos para pacientes com Covid-19. Eles foram montados no Centro de Especialidades, no Jardim Boa Esperança, com o objetivo de atender os pacientes que chegam nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) da cidade necessitando de internação. Nesta segunda-feira, 1º de março, 15 deles já entram em funcionamento e o restante no decorrer da semana. A Prefeitura também ativou mais 10 leitos de UTI no Hospital Municipal de Aparecida (Hmap) na tarde do último domingo, 28.

 

“Estamos enfrentando a pior fase da pandemia até o momento. Em apenas uma semana vimos saltar o número de internações. Hoje, 87% das nossas UTI’s estão ocupadas e 90% dos nossos leitos de enfermaria. São taxas preocupantes que exigem respostas rápidas por parte do poder público. Por isso, estamos colocando em prática nosso planejamento e estruturando em caráter de urgência 40 novos leitos hospitalares, aliado à intensificação das regras de distanciamento social. Por isso, repito incansavelmente este apelo: por favor, tenham consciência! Fiquem em casa e não se aglomerem. Essa atitude salva vidas!”

Afirma o prefeito Gustavo Mendanha que visitou as novas instalações na tarde desta segunda-feira, 01.

O secretário Municipal de Saúde, Alessandro Magalhães, reforça o pedido do prefeito e explica que não é apenas uma questão de abrir leitos: “Desde o início da pandemia Aparecida buscou o equilíbrio entre as necessidades econômicas e sanitárias. Trabalhamos para testar em massa, monitorar e cuidar dos doentes. Antes da Covid-19 tínhamos 63 leitos de UTI na cidade para atender todas as demandas. Hoje, eles continuam em funcionamento e outros 120 foram estruturados exclusivamente para atender pacientes com Coronavírus. Essa abertura exigiu a contratação de profissionais e os recursos humanos são escassos. Todos os trabalhadores da saúde estão cansados e atuando no limite. Precisamos da compreensão e empatia de todos”.

Leitos em funcionamento

Atualmente, Aparecida de Goiânia conta com 120 leitos de UTI e 95 de enfermaria exclusivos para tratamento da Covid-19. São 102 UTI’s no Hmap e 18 no Hospital Garavelo, unidade privada contratada pela Prefeitura. Já os leitos de enfermaria estão distribuídos da seguinte forma: 55 no Hmap e 40 no Hospital Garavelo. Novos 30 leitos entrarão em funcionamento no Centro de Especialidades.

O superintendente de Atenção à Saúde de Aparecida, Gustavo Assunção, explica que a internação nesses leitos hospitalares ocorre mediante liberação da Central de Regulação: “Não adianta procurar diretamente nenhuma dessas unidades. A porta de entrada são as UPA’s Brasicon, Buriti e Flamboyant, que funcionam 24h. Caso o paciente precise de internação hospitalar, após avaliação do médico da unidade de pronto atendimento, ele poderá ser regulado para algum dos hospitais da cidade”.

Distanciamento social

A Prefeitura de Aparecida, em conjunto com a Prefeitura de Goiânia e demais cidades da região metropolitana, com o apoio do Governo do Estado e do Fórum Empresarial, decidiram suspender nesta semana as atividades não essenciais para evitar o colapso no sistema de saúde. A Portaria N° 012 GAB/SMS, com as orientações operacionais em atenção às medidas de enfrentamento da pandemia, foi publicada no final da tarde deste sábado, 27, no Diário Oficial Eletrônico de Aparecida de Goiânia.

“Apesar das perdas de vidas, em 2020, não precisamos escolher quem seria atendido ou não. Atendemos todos que procuraram nossa rede. Agora, precisamos reduzir o contágio e, consequentemente, a ocupação de leitos para continuar tratando das pessoas. Por isso, apelamos para que todos cumpram os protocolos sanitários”, alerta Gustavo Assunção.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias